SINDOJUS-PA SENTA À MESA DE NEGOCIAÇÃO COM O TJPA PARA DISCUTIR REAJUSTE SALARIAL NA DATA BASE ANUAL

Realizou-se hoje, no Egrégio Tribunal de Justiça do Pará a reunião dos Sindicatos representantes de Categoria e a Gestão do Tribunal a fim de chegar a um consenso acerca do reajuste inflacionário e aumento salarial real dos Servidores. Representando a Presidência do TJPA compareceu o Secretário de Administração do Tribunal Igor Abraão Abdon, o qual apresentou escusas da Sra. Presidente Desembargadora Luzia Nadja face à sua ausência, por motivos alheios à sua vontade, justificando a necessidade da presença da Presidente do Tribunal em resolução de assuntos de Estado, qual seja a atual crise no município de Ananindeua envolvendo policiais militares e amotinamento de policiais. Compondo à mesa de Representação do Egrégio as Secretarias de Planejamento – SEPLAN, por sua Secretaria Mariléa Sanches e Secretaria de Gestão de Pessoas – SGP, por sua Secretaria Alice Loureiro. Doutra banda o SINDOJUS-PA, SINDJU e SINJEP. Após as apresentações das propostas dos Sindicatos, tendo o SINDOJUS-PA proposto 6,85% de reajuste inflacionário e 2% de aumento real, e reajuste para R$ 1.392,00 do auxílio alimentação, o Egrégio propôs reajuste inflacionário no percentual de 6.50%, tendo apresentado o óbice do período eleitoral de 180 dias para concessão de aumento salarial real. Nesse passo o SINDOJUS-PA, que inclusive já havia se antecipado nesse sentido, ocasião em que o Presidente do Sindicato oficiou, via e-mail a Presidência do TJ, contra-propôs que ocorresse nova reunião, desta feita com a Presença da Presidente do Tribunal para rediscutir o aumento real, a ser concedido pós-período eleitoral consoante orientação do TSE, desta feita, a Representação do SINDOJUS-PA requerer aumento real no percentual de 2,25%. Inicialmente fora agendada nova reunião para o dia 6 de maio do corrente ano a fim de retornar à discussão do aumento real. No tocante ao auxílio alimentação, os Sindicatos fecharam acordo de reajuste para o valor de R$ 900,00, com assento em nova reunião no mês de junho com a SEPLAN para renegociação. Desta forma na data de hoje, ocorreu o reajuste salarial de 6,50%, e o reajuste do auxílio alimentação para R$ 900,00, a ocorrer na data base.

 

IMG-20140404-WA0002

Este post 0 comentários

Deixe uma resposta