Regulamentação de diligências

SINDOJUS-PA, através de seu Presidente e baseado na RESOLUÇÃO Nº 153, DE 06 DE JULHO DE 2012, que estabelece procedimentos para garantir o recebimento antecipado de despesas de diligências dos oficiais de justiça, enviou um ofício para presidência do TJPA no sentido de regulamentar à custa para tais diligencias. Segundo Edvaldo Lima, essa resolução já é fruto da união entres as entidades representativas do Brasil

Este post 6 Comentários

  1. LUIS CARVALHO disse:

    E como ficará a situação dos oficiais de justiça vinculados aos juizados especiais ???

  2. Edvaldo Lima disse:

    Meu Amigão, o juizado também estará incluso. Um abraço!!!

  3. Eudes Costa disse:

    Senhores Oficiais, gostaria de parabenizar a direção do sindojus pela iniciativa em começar de imediato as negociações, para que o valor das diligências seja o mais justo, pois o valor pago hoje não corresponde a realidade.

  4. Edvaldo Lima disse:

    Fico feliz em saber que existem colegas que reconhecem o nosso trabalho. É esse tipo de comentário que recarrega nossas forças para enfrentarmos as dificuldades e a responsabilidade de ser Presidente de uma entidade como a nossa. Um abraço a todos os colegas do Estado do Pará. Edvaldo Lima

  5. Wilson Bezerra Júnior disse:

    Realmente o valor está defasado diante da realidade econômica que vivemos, sendo que todos os gastos principalmente aqui no interior correm às nossas expensas, sem qualquer ajuda do Judiciário, pois, em muitas Comarcas, não há veículos, motos, ou lancha, hoje mesmo, me utilizei de um mototaxista, num trecho que levou mais de uma hora de ida e consequentemente de volta, e depois fretei um barquinho com rabeta para cumprir uma Carta Precatória da Justiça Federal de Belém-Pa, na área do Rio Guamá/ Rio Capim tive que pagar R$350,00 para poder cumpri-la, ou seja, já desmontou todo o meu mês para as diligências necessárias. Agradeço ao Presidente e à Direção da nossa Associação por todo o apoio e luta por nossos direitos.

Deixe uma resposta