JORNAL LIBERAL PUBLICA NOTICIÁRIO DE “JUÍZES NO BANCO DOS RÉUS”, INCLUINDO MAGISTRADOS PARAENSES

O Conselho Nacional de Justiça – CNJ julga ainda este mês, vários processos contra Magistrados acusados de corrupção e tráfico de influência em todo País. Pelo menos 15 Juízes e Desembargadores poderão ser apenados. Só do Pará são seis casos – de corrupção passiva, venda de decisões em favor de políticos e favorecimento à determinados advogados. Há até o caso de uma juíza de Marabá acusada de convencer frequentadores do Fórum a investir em pirâmides financeiras. {fonte: ipsis litteris Jornal Liberal}. Ora, senhor leitor, certamente, o serviço público não comporta mais condutas incompatíveis com os princípios que norteiam a Administração Pública, de forma que todos os que compõem a máquina da prestação do serviço público devem se pautar na ética moral e boa conduta. O SINDOJUS-PA espera que o CNJ aja, na sua Decisão, com os rigores que os casos requerem, pelo importância moral, social e jurídica que estão à baila, pois os Tribunais, quando atuam na decisões exaradas em PADs contra servidores, em especial contra Oficiais de Justiça, tem o peso da mão bastante elevado, apenando, a nosso ver, com penas desproporcionais aos fatos. Ademais, Juízes e Desembargadores devem servir de exemplo aos demais servidores, no tocante ao zelo com serviço público.

Este post 0 comentários

Deixe uma resposta