ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

O SINDOJUS-PA informa aos senhores Oficiais de Justiça que a proposta apresentada para pagamento das diligências, nos termos da resolução n°.153 do CNJ, foi aprovada na Assembleia Geral Extraordinária, de forma unânime, na forma apresentada pelo SINDOJUS. Esclarecemos que no momento, por motivos estratégicos que não convém divulgar, não estamos disponibilizando no site o objeto da votação, porém a proposta que foi aprovada é garantidamente a melhor. Caso algum associado necessite de qualquer esclarecimento, favor entrar em contato com um dos diretores para maiores informações.

É missão do SINDOJUS zelar pelos direitos e prerrogativas dos seus sindicalizados.

 

 

 

Este post 6 Comentários

  1. Saulo Ferreira disse:

    Acredito que a esmagadora maioria dos OJ do Estado têm plena confiança no trabalho do SINDOJUS!

    Adiante!

  2. edmar oliveira disse:

    Não ha duvidas da grande melhoria ,nas diligencias, diante da proposta apresentada! Parabéns ao sindicato pela forma serena e efetiva que foi apresentada a proposta no dia.Viva aos oficias de justiça!

  3. Eudes Costa disse:

    Parabéns ao Sindojus pela coragem como vem conduzindo os pleitos da nossa categoria, acredito na nossa entidade e que a melhor proposta será aprovada, pois temos sofrido com a utilização e desgaste de nossos veículos que a priori seriam para o nosso uso e de nossa família. O bem vencerá e a justiça será feita. Avante colegas!

  4. Juscelino Costa disse:

    Gostaria de saber se essa luta alcancará os Oiciais de Justiça do Interior

  5. Edvaldo disse:

    Meu querido colega, vc deve acompanhar os trabalhos do nosso sindicato. Em nenhum momento deixei os colegas do interior do estado fora de qualquer pleito. Nós diretores do sindojus priorizados o interior , em nenhuma outra gestão foi dado tanta atenção ao interior como atual. Por isso informo que o interior está dentro das negociações. E com um diferencial, basta olhar as planilhas que foram divulgadas. Um abraço!

  6. Alcides disse:

    Prezados,
    Confesso que não entendi se a proposta já foi aprovada pelo TJE ou apenas pela Assembleia do SINDOJUS para posterior encaminhamento àquele. E, se já foi aprovada pelo TJE, há previsão de implementação? Alguém pode esclarecer, por gentileza?

Deixe uma resposta